A Nespresso é conhecida mundialmente por seus cafés premium de cápsula. A dedicação da empresa e o investimento na consistência do sabor do café são considerados os pontos-chave para a fidelidade do cliente.

No entanto, o café é uma cultura delicada e altamente dependente de ecossistemas saudáveis. Para a Nespresso, agir hoje para evitar os perigos de amanhã é uma questão de boa cidadania e de sustentabilidade do negócio.

“A sustentabilidade está realmente no centro do nosso negócio. É um imperativo para o sucesso de nossos negócios a longo prazo. Há estudos dizendo que em 2050 o café arábica pode não estar mais disponível em alguns países se não fizermos nada agora.”

– explica Yann De Pietro,
Gerente de Tecnologia de Operações
e Sustentabilidade.

A empresa está trabalhando para combater esse declínio, para que a vantagem competitiva da Nespresso permaneça forte por muito tempo no futuro.

A Nespresso fez a escolha de integrar esses desafios em seu processo de tomada de decisão e de agir sobre eles por meio de programas de sustentabilidade. Esses programas ajudam a converter passivos em oportunidades de negócio, ao mesmo tempo em que apoiam os agricultores e as comunidades que cultivam café.

Uma abordagem mais inteligente para o agronegócio

Há 15 anos, a Nespresso trabalhava com cerca de 300 agricultores e hoje são mais de 100.000 agricultores em 13 países. Em 2003, a empresa lançou seu Programa de Qualidade em Sustentabilidade AAA da Nespresso, em parceria com a Rainforest Alliance.

O programa possui duas convicções:

  1. O café de alta qualidade e a sustentabilidade das comunidades agrícolas estão interligados;
  2. Somente construindo confiança e relações duradouras com os produtores de café, a Nespresso fará uma diferença positiva.

A empresa apoia a implementação de práticas agrícolas sustentáveis em fazendas, investindo em assistência técnica, pagando prêmios diretamente aos cafeicultores e ajudando a financiar melhorias na infraestrutura.

O cliente sempre informado com a ajuda de mapas

A Nespresso comunica seu trabalho de sustentabilidade aos clientes com a ajuda da tecnologia da Location Intelligence.

“Quando precisamos explicar algo para os clientes, um mapa é muito mais explicativo do que um relatório”

– diz Yann De Pietro, da Nespresso.

O painel de sustentabilidade da empresa apresenta informações como a localização das fazendas apoiadas pela Nespresso, os perfis dos agricultores e as datas em que as fazendas foram visitadas pela última vez por um agrônomo da Nespresso.

“Podemos dizer que trabalhamos com 100.000 agricultores no mundo, mas se as pessoas não o veem, muitas vezes não acreditam. Essa é a grande vitória que temos com o GIS. É compartilhar, comunicar e fazer as pessoas entenderem.”

– diz De Pietro.